quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

De Um Raro Prazer a…






Depois de o Brasil ter aprovado a reprodução de imagens consideradas fortes nos maços de cigarros (fotos abaixo), a Comissão Europeia não deixou por menos. Foi divulgado ontem 42 fotos que se pretende colocar nos maços de cigarros até 2011. As imagens mostram os efeitos malignos (diretos ou indiretos) causados à saúde do fumante. Apesar de ter criado grande polêmica na França, a ideia foi bem recebida em outros países europeus, como a Bélgica, Finlândia e Lituânia. Entre as mais chocantes, destaca-se, por exemplo, deformações corporais relacionadas com o tabagismo, um feto de uma mãe fumante ou um câncer bucal.
  • O exemplo brasileiro
Em uma reportagem publicada recentemente pelo jornal espanhol "El Mundo", o Brasil é citado, junto com o Canadá, como exemplo a ser seguido, porque é um dos que "mais tem experiência no assunto". De acordo com pesquisas da OMS, 67% dos fumantes brasileiros disseram que as imagens nos maços os incentivaram a querer parar de fumar, enquanto 54% afirmaram que mudaram de opinião a respeito das consequências do vício.