domingo, 31 de janeiro de 2010

O Samba do Arquiteto

Oscar Niemeyer

E não é que Oscar Niemeyer, no auge de seus 102 anos, resolveu virar compositor de samba. O arquiteto aproveitou o tempo que ficou internado e, em parceria com um dos enfermeiros que cuidou dele no Centro de Tratamento Intensivo, compôs a canção, que foi batizada de “Caminhando” (continua).

Vai aqui a letra.

Hoje em dia minha vida vai ser diferente

Calça de pijama, camisa listrada, sandália no pé

Andar na praia, vou fazer toda manhã

Até moça bonita vai ter se Deus quiser

Vou parar nos cafés para ouvir historinhas

Coisas da vida que um dia vão ter que mudar

Quero ser um mulato que sabe a verdade

E que ao lado dos pobres prefere ficar

Da minha favela eu olho os granfinos

Na praia de frente para o mar

Não devemos culpá-los, são os prestigiados

Que um dia entre nós vão voltar a morar