quarta-feira, 9 de junho de 2010

GaGa lança clipe polêmico e quer posar para Playboy

linha fina
Além de atiçar a fúria da igreja católica por misturar erotismo e religão, ela também foi acusada de plágio por Madonna.
O videoclipe da canção “Alejandro” (terceiro do “The Fame Monster”) de Lady Gaga caiu na rede. Nele, a cantora mistura erotismo e religião, o que desencadeou uma série de críticas por parte da Liga Norte-americana Católica.
Numa produção que chega a ser quase um curta metragem mórbido, a excêntrica cantora aparece vestida como uma monja, rezando com um terço e insinuando atos sexuais com os bailarinos.
A outra polêmica é sobre o uso da Estrela de Davi em cenas que mostram um cortejo fúnebre, sem deixar claro o verdadeiro objetivo: seria mais uma apologia ao nazismo ou uma crítica a ele? Eu particularmente fico em dúvida.
O vídeo foi dirigido pelo fotógrafo de moda Steven Klein e tem mais de 8 minutos de duração. E segundo GaGa, é simplesmente uma homenagem ao amor gay. Mas para Madonna trata-se de um plágio descarado de seu clipe Like a Player, lançado em 1989.
A cantora Katy Perry também ficou escandalizada e escreveu em seu Twitter que “usar blasfêmia como entretenimento é algo tão barato como contar piada sobre peido”.
Na Playboy - Como polêmica pouca é bobagem, a atual rainha do pop pretende posar nua para a revista Playboy, conforme informa o site do Daily Stars. Segundo o jornal, ela acredita que se mostrar totalmente nua a “faria crescer como artista”.