quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Anúncio do dia: um cadáver à McDonald's

linha fina
Anúncio de cadáver segurando hambúrguer e que alerta sobre riscos à saúde do consumo de junk food enfurece McDonald's.
A ONG norte-americana Physicians Committee for Responsible Medicine – PCRM (Comité de Médicos para Medicina Responsável, em português) produziu um anúncio que está tirando o sono dos executivos da McDonald’s.
Com o objetivo de conscientizar sobre os riscos à saúde do consumo da famigerada junk food (algo como “comida lixo”), o PCRM produziu um spot onde aparece o cadáver de um homem segurando em uma das mãos um hambúrguer meio comido, ao lado de um médico e de uma mulher vestida de negro e chorando.
No final do anúncio, aparece a logomarca da multinacional (aquela com “M” dourado) com a legenda “I was lovin’ it” (eu amava isto), numa clara referência ao conhecido slogan "I love it". Em off, pode-se ouvir a seguinte mensagem: “Colesterol elevado, pressão sanguínea alta, ataques cardíacos. Esta noite, torne-se um vegetariano.” (“High cholesterol, high blood pressure, heart attacks. Tonight, make it vegetarian").
“O anúncio é ultrajante, enganador e injusto com os consumidores. O McDonalds tem feito um grande esforço para fazer da alimentação e do estilo de vida escolhas que sejam as mais acertadas”, diz um porta-voz da multinacional. Mais informação, aqui (em ingles).