sábado, 26 de março de 2011

Conheça a história da misteriosa Garota do Tênis


A fotografia “Tennis Girl” (Garota do Tênis) foi feita pelo fotógrafo Martin Elliott, em setembro de 1976, e se tornou a foto mais vendida e reproduzida da história. Algumas vezes como forma de protesto, outras porém como fonte inspiradora de humor. 

Em 1977, a foto foi publicada num calendário comemorativo do jubileu de prata de reinado da rainha Elizabeth II. Em 1978, a imagem foi impressa como pôster e teve mais de 2 milhões de cópias vendidas ao preço de 2 libras cada, sem contar as diversas imagens feitas em tom satírico ao longo do anos (v. aqui).
Elliott, que faleceu ano passado, era estudante de fotografia na Universidade de Birmingham e na ocasião pediu à sua então namorada Fiona Butler, com 18 anos, para posar para ele.
 
Fiona, que era estudante de arte, topou fazer a foto. Com o boné do pai, um vestido emprestado e uma raquete, ela foi para a quadra de tênis e compôs a bela cena: caminhando em direção à rede com uma raquete na mão direita e com a esquerda levantava (ou coçava  a bunda, sei lá) o vestido, cercada de bolinhas, que por acaso pertenciam a seu cachorro.
A imagem correu o mundo e rapidamente se tornou um ícone da década de 1970. Foi na verdade uma provocação aos padrões sociais e moralistas da época, se tornando símbolo liberação sexual e também mote para muitos humorista, como,  por exemplo, Alan Carr. Veja mais aqui.