quinta-feira, 3 de março de 2011

A história da foto que comoveu o mundo

assinatura post A comovente história que vai abaixo é a confirmação do poder das redes sociais e um claro exemplo de cibersolidariedade e do uso da TV de forma positiva.


Seus protagonistas são Rozonno e Mia McGhee, um casal de sul-africanos que estão casados há 11 anos, mas encontravam muitas dificuldades para gerar filhos. O que foi possível só depois de um tratamento de fertilidade feito por Mia.

No primeiro tratamento, Mia conseguiu engravidar de gêmeos, mas que morreram pouco tempo depois do parto. Entretanto, a sua determinação em constituir uma família não cessou e ela não parou o tratamento. Assim, em junho do ano passado deu à luz a sêxtuplos. Mas se de um lado a felicidade era plena, do outro aumentava sobremaneira a agonia para quem já vivia em situação financeira bem precária.
Foi então que os McGhee teve uma idéia: a de compartilhar seus perfis no Facebook com a bela fotografia. E não demorou muito para a vida do casal mudar completamente. A comovente imagem começou a circular rapidamente na rede até chegar aos olhos de Oprah Winfrey, umas das rainhas de TV norte-americana.
  
Ao se inteirar dos problemas do casal, Oprah se sensibilizou com toda a situação e passou a divulgar a imagem em seu programa. O resultado dessa ação foi a obtenção de 250.000 dólares em vales-refeição, doados por uma cadeia de supermercado. Fonte: ABC (ES)

18 comentários:

  1. Que imagem linda, impossível não se comover. Confesso que já tinha visto a mesma em algum local da internet, entretanto não conhecia a história.
    Eles são merecedores ^^
    Parabéns pelo belo post Zém.

    Quero neste momento parabenizar pelas postagens interessantes , que com certeza expressa grande criatividade abrindo novos horizontes e novas idéias.Sobre a postagem de hoje, o que tenho a dizer ? realmente o nosso mundo ainda existe sensibilidade e isso claro muito me agrada em saber que existe pessoas para fazer uma boa ação.
    Sobre Oprah que foi intermediária desta ajuda , só podemos estar aqui parabenizando por mais uma vez ter feito um ótimo trabalho que vai além da imagem sucesso, e sim trabalhou na área humana.
    Parabéns por mais uma vez ter superado expectativas e ter trazido ao blogger mais um assunto polêmico e muito importante!

    Zém diz:

    Obrigado, mais uma vez, pelas suas doces palavras. É bem provável que você tenha vista esta foto alhures. Ela foi eleita uma das mais belas imagens do ano passado.

    Jocas

    Zém diz:

    Tinho, grato pelos elogios. É verdade. Esta é a prova que tanto a TV como as redes sociais podem ser usadas de forma eficaz em prol de causas sociais e humanísticas.

    Grato mais uma vez e um grande abraço.

    Bird diz:

    linda foto e belo post, zém.

    abraços

    Grato, Bird. O semblante do primeiro bebê à esquerda é simplesmente notável.

    Abração, véio.

    Xerxes diz:

    Realmente tenho que concorda que essa é uma das imagens mais bonitas que vir, foi bem merecido o reconhecimento.

    Dmitry diz:

    Cada um é dono da própria vida, mas não consigo evitar o pensamento: depois de uma inseminação e dois bebês mortos, um casal com tantas dificuldades para ter biologicamente um filho, por que não adotar??? Uma criança adotada seria menos filho deles, não poderia estar compondo uma linda imagem familiar também?
    Já que eles vivem em uma situação precária financeiramente, seria o caso de pensar SE colocar filhos no mundo era uma opção responsável, pior ainda arriscar uma gravidez múltipla com tratamentos de fertilidade (caríssimos).
    Foto bonita e tal, mas não são cupons de alimentação de um mercado que vão garantir uma boa educação e chances para essas crianças.
    Meus melhores votos para os bebês, mas não consigo deixar de questionar a opção dos pais.

    Zém diz:

    Dmitry, creio que ter filhos adotados ou biológicos é uma decisão bem pessoal, como você bem disse. Por outro lado, também entendo o seu pragmatismo e concordo contigo até certo ponto, mas faço uma ressalva. Creio que o mundo seria uma maravilha se todos tivessem acesso a uma educação de qualidade e assim ter poder de discernimento sobre vários aspectos de suas vidas.

    Infelizmente a realidade é outra, principalmente num país que viveu boa parte de sua história sob um regime de segregação racial, onde boa parte de sua polução ficou à margem dos direitos fundamentais à existência digna.

    Já que aconteceu, o que fazer? Creio que a solidariedade cabe em qualquer momento. O episódio também serviu fundamentalmente de pano de fundo para destacar a capacidade das redes sociais em aglutinar pessoas em torno de algo, mexer com a opinião pública ou até mídias poderosas.

    Zém diz:

    Xerxes, é perfeita. Só não sei dizer quem foi o autor da fotografia. Fiz uma pesquisa rápida mas não encontrei o nome do dito cujo.

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.
    Sandro diz:

    Ótimo tópico, ótimo trabalho amigo, lhe convido a visitar e a prestigiar o nosso trabalho no caixadepandora.net
    Segue lá já estou te seguindo

    Vane diz:

    Que foto linda (l)

    Anônimo diz:

    ISSO è um ONIBUS ou um carrinho de bebe ?

    Zém diz:

    Grato, Sandro. Também deu um pulinho no seu blogue e gostei do que vi.

    Um abraço.

    Zém diz:

    Vane, grato pela visita e comentário. Volte mais vezes.

    Abraço.

    Zém diz:

    Anônimo, podemos dizer que um lotação de bebês.

    wiqaeyas diz:

    Very intereresting reading. thx

    paxil

Postar um comentário