quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Agonia e morte de um touro numa festa espanhola

Toro de la Vega  - 2011 4
assinatura post Trinta minutos. Este foi o tempo que o touro demorou para a morrer desde do momento que sofreu a primeira laçada, em uma tal “fiesta” chamada “Toro de la Vega”. Esta barbárie acontece todos os anos na cidade espanhola deTordesillas, e é uma “tradição” local que vem desde a Idade Média (século 15).



touro Toro de la Vega  - 2011 O touro, cujo nome é Afligido, caiu no chão depois de ser cruelmente espetado por uma lança, o que lhe causou um ferimento bem profundo. Antes de ser atingido, Afligido tentou escapar, mas foi violentamente caçado por mais de 200 pessoas armadas com lanças, montadas em cavalos e a pé.
toro de la vega 12 toro de la vega 10toro de la vega 13 Já agonizando e totalmente indefeso, o touro sofre as estocadas fatais. E tudo isso foi feito na presença de mais de 30 mil pessoas, que deliravam como se estivessem em êxtase com tremenda selvageria. 
Um ativista dos direitos dos animais e membro da organização AnimaNaturalis se ofereceu para substituir o touro, nessa aberração que os espanhóis chamam de festa. Fonte: Público-ES
toro de la vega 22toro de la vega 20toro de la vega 21  
toro-de-la-vega
Caso você tenha estômago, veja vídeo sobre esta animalesca  “fiesta” regada a muito sangue e insanidade humana.


 Cores_verde-branco A tourada como arte
Miguel Barceló _ arte taurina O artista plástico espanhol Miguel Barceló desenhou o cartaz do que possivelmente poderá ser a última tourada em Barcelona. O evento está previsto para o próximo domingo, na Monumental de Barcelona. A Catalunha (região autônima espanhola) aboliu as touradas em julho de 2010.