terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Anonymous anuncia o maior ataque à Internet

O grupo de ciberativistas Anonymous anunciou para o próximo dia 31 de março o "maior ataque de todos os tempos à Internet", quando serão invadindo 13 servidores DNS raiz.
Caso se confirme essa ação, não será possível realizar uma busca de nome de domínio, impedindo o funcionamento da rede. A iniciativa foi batizada de “Operation Global Blackout” (Operação Apagão Global).

O comunicado sobre esse ataque foi publicado no pastebin , um dos espaços onde o grupo anuncia suas ações ou reconhece seus ataques. O objetivo do grupo é mais uma vez  protestar contra a lei SOPA (Stop Online Piracy Act WallStreet):  “os ataques serão um protesto contra os nossos queridos líderes e banqueiros irresponsáveis, que estão deixando o mundo à míngua matando o mundo de  fome apenas por diversão sádica”.
O grupo não revela quanto tempo vai durar a operação, mas diz que poderá ser de uma hora ou vários dias. A mensagem termina com uma frase atribuída ao norte-americano Benjamin Franklin: "aquele que sacrifica a liberdade por segurança, não merece nenhuma das duas".

“Isso é somente um protesto. Nós não queremos  matar a Internet. Nós só vamos bloquear  temporariamente o seu acesso”, diz a mensagem.

Bem, caso esse anúncio seja autêntico, seria como dar um tiro no próprio pé. Essa é o tipo da ação que desagradaria boa parte dos internautas e iria  contra os propósitos primordiais do grupo . 

Como se sabe, o Anonymous não tem um porta-voz oficial ou uma liderança visível e qualquer um pode se auto-intitular um ciberativista do grupo e agir em nome dele, desde de que compartilhe do mesmo ideário. Eu particularmente não acredito nessa possibilidade. Mas vamos aguardar os desdobramentos dos fatos.