quinta-feira, 8 de março de 2012

Modelo é demitida pela Elite por ser “gorda demais”


assinatura post A modelo holandesa Ananda Marchildon ganhou um processo na Justiça contra a agência Elite após ter sido demitida sob a alegação que era “gorda demais”.

Na ocasião, Marchildon tinha 94 cm de quadril, mas para participar de uma campanha de lingerie teria que ter apenas 90 cm, argumentou a agência.
Depois de ter pagado apenas 13 mil dólares (o contrato foi fixado em quase 100 mil) à modelo, a agência cancelou os seus serviços, argumentando que Ananda teria “engordado” e a medida de seu quadril já ultrapassava dos 90 cm.
A holandesa se defendeu alegando que quando assinou o contrato com a Elite já tinha 92 cm e que, portanto, não poderia exigir que ela diminuísse a medida para 90 centímetros.
Com a vitória do processo movido em 2008, ela conseguiu 85 mil dólares por danos materiais. Fonte