sexta-feira, 13 de abril de 2012

Andar de bicicleta pode causar disfunção sexual


Estudos indicam que o hábito de passar muito tempo sobre o banco uma bicicleta está relacionado à disfunção erétil, no caso dos homens, e menos prazer sexual, no das mulheres.
Este é o resultado que mostra um estudo da Universidade de Yale e publicado na revista on-line Journal of Sexual Medicine

Isso porque os bancos das bicicletas são desenhados de tal forma que o peso do corpo normalmente fica sobre a parte dianteira do assento, quase sempre mais fina, o que pode comprimir os vasos sanguíneos e os nervos nesta região.

Verificou-se que muitas mulheres, por algum momento, já sentiram sensibilidade na área genital enquanto pedalavam.
A explicação para isso é que quando a pessoa anda de bicicleta, o peso do corpo acaba ficando todo sobre a parte frontal do banco, que é mais fina, o que provoca uma pressão nos vasos e nervos da região.
O estudo contou com 48 mulheres voluntárias, sendo que todas pedalavam em média 16 quilômetros por semana.
Constatou-se que o guidão é o maior vilão do problema, pois se ele fica muito baixo, a mulher tem que se inclinar para frente, o que faz com que seu peso fique sobre sua parte íntima.
Segundo os cientistas, a melhor maneira de diminuir esta pressão na região genital é utilizar assentos que não sejam tão finos na frente.