segunda-feira, 4 de junho de 2012

As cenas de beijos mais emblemáticas do cinema

beijosassinatura post Desafiando todo o conservadorismo da época, a cena do primeiro beijo no cinema aconteceu em 1896 e provocou uma enorme polêmica, deixando a opinião pública de boca aberta com as audaciosas trocas de carícias entre os atores May Irwin e John C. Rice, no filme "O Beijo”.

Primeiro beijo no cinema
a dama e o vagabundo Outro beijo que destaco é o trocado por um casal canino comendo espaguete do desenho animado “A Dama e o Vagabundo” (1955). Não pela sensualidade ou qualquer outra coisa, mas pela originalidade. Está é uma das cenas românticas mais belas já produzidas pela indústria cinematográfica.
Cenas famosas de beijos são inúmeras, mas procurei destacar aqui apenas algumas delas por considerá-las as polêmicas e originais.
e o vento levou Classico: Clark Gable e Vivien Leigh, em “E o Vento Levou” (1939)
A um Passo da Eternidade O mais erótico: Burt Lancaster e Deborah Kerr, em “A Um Passo da Eternidade” (1953)
Ghost Melhor cena: Patrick Swayze e Demi Moore, em “Ghost - Do Outro Lado da Vida” (1990)
bonequinha de luxo Beijando na chuva: George Peppard e Audrey Hepburn, em “Bonequinha de Luxo”(1961)

Wall-E Robótico:  Wall-E e Eva,  em Wall-E (2008)
Macaulay Culkin e Anna ChlumskyInocente:  Macaulay Culkin e Anna Chlumsky, em “Meu Primeiro Amor” ( 1991)
Homem-Aranha De ponta cabeça: Tobey Maguire e Kirsten Dunst, em “Homem-Aranha” ( 2002)
mulher-gato De gata: Michelle Pfeiffer e Michael Keaton, em “Batman - O Retorno” (1991)
Algo desconhecido:  Winona Ryder  e Johnny Depp, em  Edward Mãos de Tesoura (1990)
shrek Romântico: Shrek e a Princesa Fiona, em “Shrek” (2001)
alien Monstruoso: Sigourney Weaver e monstro, em “Alien 3” (1992)
O Segredo de Brokeback Mountain Gay: Heath Ledger e Jake Gyllenhaal, em “O Segredo de Brokeback Mountain” (2005)
  garotas de uniformes Romy Schneider e Lili Palmer
Lésbico: Duas atrizes protagonizam o primeiro beijo lésbico do cinema, em “ Mädchen in Uniform” (1929) – algo como “Garotas de Uniforme”. Em 1958, o drama teve o remake dirigido por Géza Von Radványi, com Romy Schneider e Lili Palmer como protagonistas.