sábado, 2 de junho de 2012

As grandes canções de amor do rock and roll


assinatura post Tido como endiabrado, o rock nasceu lá pelo início da década de 1950 do casamento do rhythm & blues, country, folk e outros ritmos. Logo se tornou sinônimo de conflito de gerações, rebeldia, liberdade e ousadia.
No entanto, independentemente da sua época ou gênero, os acordes frenéticos das guitarras por momentos ganham tons de baladas. E como numa fantástica metamorfose melódica tornam-se belas declarações de amor.
Claro que são inúmeras as grandes canções românticas escritas ao longo desses mais de 60 anos de história do bom e velho rock’n’roll. Como também não é raro algumas bandas aqui listadas terem mais de uma canção de amor.
Mas como esta escolha é altamente subjetiva, vai aqui algumas delas que considero grandes canções de amor desde sempre, mesmo porque foram essas que primeiro vieram à minha mente.



Antes de ir à lista, faço uma ressalva. Trata-se da canção “Layla”. Pra mim, ela não é só a mais  bela canção de amor do blues/rock, mas também uma obra-prima composta por Eric Clapton e o baterista Jim Gordon.


“My Girl” – The Temptations
“Unchained Melody" - The Righteous Brothers
“Are You Lonesome Tonight?” – Elvis Presley
"In My Life" - The Beatles
“Angie” - Rolling Stones
“Touch Me” – The Doors
“Angel” - Jimi Hendrix
“Piece Of My Heart” - Janis Joplin
“Wonderful Tonight” – Eric Clapton
“Still Loving You” – Scorpions
“Me and Bobby McGee” - Janis Joplin
"November Rain" - Guns n Roses
“Crazy Little Thing Called Love” – Queen
“I Dont Want To Miss a Thing" - Aerosmith
“I Just Want You” - Ozzy Osbourne
“Goodbye To Romance” – Ozzy Osbourne
"Iris" - Goo Goo Dolls
“Nothing Else Matters” – Metallica
“All My Love” - Led Zeppelin
“Without You” - Motley Crue
“Needles and Pins” – Ramones
”Best of You” - Foo Fighters
”Love You To Death” – Kamelot

4 comentários:

  1. Jopz_B1B diz:

    Uma vez eu li em algum blog por aí durante uma discussão sobre LISTAS (cinema, filmes, musica, comida...) algo que dizia assim:

    "... o problema das LISTAS, é que não importa o assunto, não importa quem fez, estão todas ERRADAS, nunca vai haver uma lista capaz de gerar unanimidade"

    então pra apoiar essa frase que achei certa, digo que kurti em partes essa lista, impossível não concordar com MY GIRL, STILL LOVING YOU, ALL MY LOVE, impossível concordar com ARE YOU LONESOME no lugar de LOVE ME TENDER, I JUST WANT YOU no lugar de GOODBYE ROMANCE e por ai vai, mas foi uma boa oportunidade para ouvir essas musicas e repensar várias, vai pros melhores da semana,

    JOPZ

    http://b1brasil.blogspot.com.br/2012/06/super-links-pra-salvar-o-feriadao.html

    Zém diz:

    Salve, Jopz. Nada mais acertada essa observação sobre as listas.

    Quanto a Love Me Tender, do Elvis, confesso que foi a primeira que veio à minha cabeça, mas optei pela Are You Lonesome por considerá-la mais desconhecida e é tão fantástica quanto.

    Já sobre Goodbye Romance, do Ozzy, confesso também que nesse caso passei completamente batido. Não me lembrei da dita cuja. Sua sugestão foi acatada e lá está ela. Sorry;

    Grato pelo comentário e link no seu blogue.

    Um abraço.

    "Crazy little thing... " ao invés de "Love of my life", achei hilário...

    Zém diz:

    Cesar, não tem nada de hilário na minha escolha. É uma escolha. Mas explico. Crazy little thing called love é totalmente rock'n'roll e bem mais original que Love of my life, que, convenhamos, é mais uma balidinha bem lugar-comum. Serviu apenas aos incríveis recursos vocais do Freddie Mercury. Nada mais que isso

Postar um comentário