quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Estudo desmonta o mito do gordo feliz

gordo felizassinatura post Um estudo realizado em um hospital em Madrid revela que cerca de 40% das pessoas obesas já foram tratados de algum distúrbio psicológico, fato que, segundo os psiquiatras, desmonta o mito de que as pessoas gordas são mais felizes do que as magras.

A pesquisa foi realizada por especialistas de Endocrinologia e Psiquiatria do Hospital Infanta Leonor de Madrid , com a participação de 100 voluntários, e os resultados foram apresentados hoje (27) no Congresso Nacional de Psiquiatria, realizada em Bilbao (Espanha).
Entre as doenças psicológicas relatadas pelos pacientes, figuram as que vão desde transtornos alimentares de origem nervosa (como bulimia e anorexia) até depressão, estados de ansiedade e déficit de atenção e hiperatividade.
De acordo com dados apresentados no congresso,  40% dos pacientes estudados afirmaram que já haviam passaram por algum tipo de acompanhamento psicológico ou que se trataram com algum tipo de medicamento por manifestarem problemas psicológicos oriundos de sua obesidade.
31% dos entrevistados tinham distúrbio de ansiedade associada à obesidade , 35% relataram ter tido um histórico de transtorno depressivo e 17% algum tipo de alteração alimentar de origem nervosa, tais como a anorexia e bulimia.  10% dos analisados ​​mostraram também ter tido dificuldade no controle de impulsos.
Entretanto, o que mais chamou a atenção dos pesquisadores foi o fato de que que 20% dos pacientes obesos “padeciam do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade 5 vezes superior do que o esperado na população em geral", diz Francisco Javier Quintero, chefe do Departamento de Psiquiatria do hospital.Fonte