terça-feira, 25 de setembro de 2012

Suspensa do colégio por pintar cabelo de ruivo

Fern Burkeassinatura post Fern Burke tem apenas 14 anos e até há pouco tempo tinha o cabelo escuro. Mas um dia decidiu que estava cansada dessa cor e resolveu pintá-lo de ruivo, uma atitude bem comum nos dias de hoje.

Para a sua surpresa, a escola onde estuda, a Middleton Technology School de Rochdale  (Inglaterra), não aceitou a mudança de visual e resolveu suspendê-la alegando que seu cabelo tinha uma “cor antinatural”, o que é proibido pelas normas interternas da instituição de ensino.
A adolescente contou que pintou o cabelo de ruivo durante às férias de verão. Ao iniciar o ano letivo, ela foi impedida de voltar às aulas. Assim, Fern pintou o cabelo de acaju, fato que não agradou a escola e novamente ela foi impedida de frequentar às aulas. Motivo: o cabelo “ficou muito brilhante”, alegou a direção da escola.
Fern Burke - clave “Não acho justo considerando que há professoras na escola com cabelo roxo ou com luzes, o que descaracteriza a coloração natural”, disse Tracey Burke, mãe de Fern e que também é professora. Fonte

5 comentários:

  1. Anônimo diz:

    Acho coisa de velho ficar proibindo essas besteiras, cor antinatural? já vi pessoas ruivas bastante chamativas e diferentes, antinatural é a atitude da direção da escola

    Anônimo diz:

    Nossa que bobagem, eu já estudei em um colégio que era assim também, não podíamos fazer nada. Pintar o cabelo nem pensar, tinha que ir de tênis preto e de nenhuma outra cor, tinhamos que usar um uniforme verde horrível (tudo bem que era o uniforme), mas ele tinha um forro por dentro que no frio não adiantava nada e no calor quase assava e nem podia substituir por uma calça jeans(que tbm é quente) mas é bem menos do que a calça do uniforme. É tenso.

    Zém diz:

    Realmente é ridículo isso. E pensar que coisas como essas ainda acontecem pelo mundo. Principalmente a Terra da Rainha, um páis totalmente pop.

    Anônimo diz:
    Este comentário foi removido por um administrador do blog.
    Sappo diz:

    isso é inacreditável. acho que essa diretora é mal amada.

Postar um comentário