quinta-feira, 25 de outubro de 2012

É a “imperfeição” o novo padrão de beleza?

imperfeiçao o novo padrao de belezaassinatura post Como já postei aqui recentemente, parece que estamos vivendo a época das modelos “imperfeitas”. Pelas passarelas do mundo desfilam dentes separados (Ashley Smith), olhos esbugalhados (Masha Tyelna), mandíbula excessiva (Madeleine Hjort) e bocas tipo gueixa (Lindsey Wixson).
Para muitos, as modelos são consideradas ideais de beleza na atual socieade Ocidental. Entretanto, se elas fazem tanto sucesso e são tão requisitadas pela indústria da modada mesmo mostrantdo deterinadas “falhas” , fica aqui um questão:
Será que estamos testemunhando uma mudança de padrão ou apenas se pretende quebrar a monotonia do bonito, escandalizar e assim vender moda?
Marta Mota, da agência de modelos Women Management, não acredita que se possa falar de uma nova estética. "É uma tendência, umas vezes se mostra mais, outras menos. Isso se deve à forma como a modele é caracterizada. Às vezes as garotas são de aspecto “normais” , mas devem apresentar um ar bizarro. Isso foi o que aconteceu com Anne Vyalitsyna e Steiro Iselin, que trabalharam com a nossa agência para Prada", diz ela.
Sempre houve personagens que não se encaixam no ideal e que, em vez de passar pelo bisturi para corrigir as suas diferenças, as converteram em virtudes.  Este são os casos, por exemplo, de Vanessa Paradis, Lara Stone o Georgina Jagger, sem contar a lendária Lauren Hutton. 
No início de sua carreira como modelo na década de 1970, Lauren (hoje ela é atriz)  usava um molde para fechar o espaço entre os incisivos, até que o fotógrafo Richard Avedon sugeriu a ela que o removesse. Resultado: foi a primeira modelo a firmar um contrato milionário.
Ashley Smith Ashley Smith
Masha Tyelna Masha Tyelna
Madeleine Hjort Madeleine Hjort
Lindsey Wixson Lindsey Wixson
Georgina Jagger Georgia Jagger
Anne Vyalitsyna Anne Vyalitsyna
Steiro Iselin Steiro Iselin
Vanessa Paradis Vanessa Paradis
Lara Stone Lara Stone
Lauren Hutton Lauren Hutton