sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Descoberta uma Super-Terra que pode ser habitada

superterra - HD-40307-gassinatura post Segundo um estudo que será publicado na revista Astronomy & Astrophysics, uma equipe internacional de astrônomos descobriu uma nova Super-Terra (denominada HD 40307g) potencialmente habitável a 42 anos-luz de distância do nosso planeta.
O exoplaneta (planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol) está localizado em uma zona possivelmente habitável, nem muito fria, nem muito quente , com probabilidade de haver água e ter um clima estável. Ela faz parte de um conjunto de 6 mundos e gira em torno da estrela HD 40307.
Os astrônomos acreditavam que esse sistema era formado por apenas 3 planetas muito próximos de seu sol para abrigar vida, mas descobriram mais 3, entre eles incluindo essa Superterra, graças a técnicas mais precisas de análise coletadas pelo espectrógrafo HARPS, do Observatório Austral Europeu, em La Silla, Chile.

De acordo com os estudos realizados por Guillem Anglada-Escudé ( Universidade de Gottingen, Alemanha) e Tuomi Mikko (Universidade de Hertfordshire , no Reino Unido), o mais interessante dos 3 novos planetas é aquele que está mais longe de sua estrela, um distância semelhante à que separa a Terra do Sol.
Sua massa é pelo menos 7 vezes maior a da Terra e teria um movimento de rotação sobre o próprio eixo orbita em torno de sua estrela, o que caracteriza o efeito de dia e noite o que criaria um efeito de dia e noite semelhante ao nosso planeta.
Segundo Anglada-Escudé Under “ a estrela HD 40307 é uma estrela anã perfeitamente estável, o que leva a crer que esse planeta tenha um clima bem semelhante ao da Terra".
"A órbita mais longa do novo planeta significa que seu clima e atmosfera podem ser adequados para abrigar a vida", dize Hugh Jones (Universidade de Hertfordshire), astrônomo que também participou da pesquisa. Fonte
Veja abaixo animação artística do sistema planetário que gira em torno da estrela HD 40307.