sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Empresa privada lançará pacotes turísticos para Lua

turismo espacialassinatura post Um grupo de ex-pesquisadores da Nasa anunciou a criação da Golden Spike, uma empresa privada que irá pela primeira vez vender viagens até a Lua. O custo estimado para cada missão seria de US$ 1,5 bilhão (pouco mais de 3 bilhões de reais), muito menos que um projeto semelhante custaria à agência espacial norte-americana.
“Nosso objetivo é criar um sistema de transporte lunar confiável e lucrativo — explicou Gerry Griffin, ex-diretor de voos do programa Apolo na Nasa e diretor executivo da nova empresa.
As expedições lunares da Golden Spike aproveitariam a tecnologia dos foguetes e das naves que estão sendo desenvolvidas para enviar astronautas da Nasa à Estação Espacial Internacional, depois da “aposentadoria” dos antigos ônibus espaciais.
Dependendo do número de turistas espaciais que comprem uma passagem para a Lua, a empresa diz que poderia fazer o seu primeiro voo ao satélite da Terra antes de 2020. No momento, porém, não foram divulgados detalhes sobre possíveis interessados.
Para a primeira missão seria necessário um investimento entre US$ 7 bilhões e US$ 8 bilhões, admite o presidente da Golden Spike, Alan Stern, ex-vice-diretor dos programas científicos da Nasa. Mas, uma vez que fosse lançado o voo inaugural, os custos das viagens cairiam para US$ 1,5 bilhão, com direito a 48 horas de permanência em solo lunar.
A Golden Spike não é a primeira empresa a oferecer missões privadas para a Lua. Outras empresas, como a Moon Express, também já trabalham em projetos semelhantes.Fonte
-->