quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Paolo Cirio, o artista que desafia o Google Street

assinatura post Qualquer pessoa que esteja na rua naquele momento será fotografada queira ou não. O Google Street View fornece mapas de cidades ao redor do mundo com imagens panorâmicas de vias públicas captadas por um carro em suas viagens.

Google Street View 01 Com cada vez mais cidades fotografadas, a empresa entrou em conflito nos últimos anos com as diferentes leis de privacidade e tenta driblar qualquer ilegalidade borrando os rostos dos pedestres e placas dos de automóveis com um sistema que é falho e que muitas vezes torna visível a identidade da pessoa .
Com o seu projeto “Street Ghosts” (Fantasmas das Ruas), o italiano Paolo Cirio pretende instigar a gigante da web. Nele, o artista pega as imagens capturadas pelas câmeras do Google, aplica alguns efeitos e depois imprime as imagens em tamanho real em papel, recorta e cola os pôsteres no exato lugar onde as pessoas foram fotografadas pelo Google Street View. As figuras se tornam fantasmas efêmeros, que poderão desaparecer rapidamente cobertas por um anúncio ou rasgadas por outros pedestres.
Street-Ghost Ciro diz que a sua ação é simplesmente uma utilização da informação reunida pela empresa e que está consciente de estar violando o direito autoral das imagens ao utilizá-las sem autorização: "Inverti o ato. Utilizo fotos de indivíduos que o Google não pediu autorização e as coloco em paredes públicas. Reintroduzo essas pessoas flagradas sem autorização ao mundo real”.
O trabalho de Cirio pode ser encontrado em cidades como Nova York, Berlim e Londres. O projeto possui um site oficial que fornece os locais de onde os “Fantasmas da Rua” podem ser encontrados. Fonte
Paolo Cirio Paolo Cirio 2 Paolo Cirio  3  Paolo Cirio 6 Paolo Cirio  4 Paolo Cirio  11