segunda-feira, 18 de março de 2013

Bar Refaeli enfurece conservadores religiosos

Bar Refaeliassinatura post Um grupo de estudantes ultraortodoxos da Universidade de Bar Ilan ficou furioso com o ministério do Exterior pela escolha da modelo israelense Bar Refaeli como a imagem da nova campanha internacional de relações públicas do governo.

Segundo o grupo, a modelo de 27 anos não representa os israelenses, desde que teve uma relação pública com o ator Leonardo DiCaprio que não é judeu. "Nós sabemos que Refaeli teve uma relação pública com o ator, por isso não representa a população israelense", disse um estudante.
Os estudantes também alegaram que Bar Refaeli não fez o serviço militar, que é obrigatório por 2 anos para todas as mulheres em Israel.
"Refaeli não fez o serviço militar e também se orgulha disso. Antes de oferecermos alguma coisa ao mundo, temos que decidir quem somos. Nós temos muito mais a oferecer do que meninas brincando na praia", disse outro estudante religioso. O que surpreende nessa crítica é o fato de os ultraordoxos estarem livres do serviço militar.
No entanto, as queixas parecem não abalar o governo, que garante que a campanha seguirá com a modelo israelense.
“É impossível agradar a todos. Queríamos mostrar uma visão cosmopolita de Israel, sem guerra e violência, e Bar coincide totalmente com esta imagem. Ninguém a vai substituir, até porque nós acreditamos que a vida pessoal e amorosa dela, bem como a sua decisão de não ir para o exército, é só sua, e não devia interessar a ninguém", concluiu um porta voz do ministério. Fonte