quarta-feira, 27 de março de 2013

Jovem tunisiana que postou fotos de topless no Facebook é ameaçada de morte por apedrejamento

amina assinatura post Amina , uma garota tunisiana de 19 anos,   postou 2 fotos de topless no Facebook como forma de protesto e por isso está sendo ameaçada de morte em seu país. 
Há 2 semanas, a jovem postou fotos com os seios à mostra com as mensagens: "f***-se sua moral" e "meu corpo pertence a mim, não é fonte de honra para ninguém", diz o texto. Ela também criou no Facebook uma página dedicada ao Femen (grupo feminista criado na Ucrânia) na Tunísia. 
amina 10 A atitude da jovem revoltou o líder islâmico de seu país, Adel Ami, que pediu o apedrejamento de Amina até a morte ou que receba de 80 a 100 chibatadas: “Sua atitude trará má sorte, epidemias e desastres. Isso pode ser contagioso e dar ideias a outras mulheres", justificou o líder religioso.
Em sua defesa, jovens de vários países preocupados com a integridade física da tunisiana marcaram pelo Facebook uma mobilização internacional para o dia 4 de abril como forma de protesto e indignação.
Além do movimento em redes sociais, foi criada uma petição online com o objetivo de solicitar ao governo tunisiano que garanta a sua segurança. "Pedimos que sua vida e liberdade sejam protegidas e que sejam imediatamente punidos quem a ameaçar. Amina nos representa", diz a página da petição, que até o momento conta com mais de 100 mil assinaturas.
Segundo a líder do Femen , Inna Shevchenko, Amina não mantém contato com as ativista do grupo há vários dias, o que a faz acreditar em uma possível prisão ou até assassinato. Mas outras fontes afirmam que a tunisiana foi forçada por sua família a se internar em uma clínica psiquiátrica em Tunis. Fonte