sexta-feira, 26 de abril de 2013

Cientista prova que suposto alienígena é humano

Ataassinatura post O suposto alienígena que foi encontrada há uma década, no deserto chileno de Atacama, é um ser humano. Esta é a conclusão de um estudo conduzido pelo diretor de biologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford (EUA), Garry Nolan.
Ata 2 Este ser, apelidado pelos cientistas de Ata, mede pouco mais de 15 e foi encontrado mumificado. Tem dentes rígidos, uma cabeça oval e seu esqueleto é composto por 9 costelas (os humanos têm 12).
Até a divulgação desse estudo, muitos acreditavam tratar-se dos restos de um feto abortado e também se aventou a possibilidade de que poderia ser um macaco. Mas a ideia mais aceita era de que se tratava de um alienígena.  No entanto, nenhuma dessas teorias resultaram corretas. “Agora sabemos com certeza absoluta de que é humano e até mais próximo dos seres humanos do que um chimpanzé", diz Garry Nolan.
Ata 3 Nolan explica no documentário “Sirius” (veja trailer abaixo) que para chegar a essa conclusão foi realizado um teste de DNA dissecando 2 costelas da criatura até conseguiu obter a medula óssea. “Análise determinou que Ata era uma ‘mutação interessante’ de um humano, que viveu entre 6 e 8 anos”.  Para Nolan, a pergunta que resta agora é a de quando ele nasceu.
ata 5 O documentário “Sirius” não aborda só esse caso. O filme também explora o movimento de um grupo de pessoas que tenta obrigar o governo norte-americano a revelar o que supostamente sabe sobre OVNIs e extraterrestres. A principal figura por trás do "Sirius" é Steven Greer, um médico que fundou o Centro para o Estudo da Inteligência Extraterrestre (CSETI). Fonte

0 comentários:

Postar um comentário