sábado, 29 de junho de 2013

Einstein: “A Bíblia é uma fonte de sabedoria e consolo que dever ser lida frequentemente"

Albert Einsteinpost Um exemplar da Bíblia em que o físico Albert Einstein escreveu uma dedicatória na qual se refere ao livro sagrado como “uma grande fonte de sabedoria e consolo que deve ser lida frequentemente" foi vendido por 68.500 dólares (cerca de 150 mil reais) em um leilão na Bonham's, em Nova York (EUA).
O livro foi presenteado pelo físico e sua esposa Elsa a uma amiga americana, Harriett Hamilton, em fevereiro de 1932.
"Einstein não se identificam com a religião organizada. Por isso essa dedicação é um exemplo extraordinário do que ele sentia no início dos anos de 1930”, disse Christina Geiger, diretor do departamento de livros e manuscritos da Bonham's. Fonte com AP
Albert Einstein - biblia
Mas, ao que parece,  o cientista mudou de ideia anos depois. Em 1954, um ano antes da sua morte,  Einstein em reposta ao  filósofo alemão Eric Gutkind , autor do livro “Choose Life: The Biblical Call to Revolt” (Escolha a Vida: O Chamado Bíblico para a Revolta, em tradução livre),  escreve o seguinte (foto abaixo):
"A palavra Deus para mim é nada mais que a expressão e produto da fraqueza humana. A Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que são bem infantis".  Em 2009, esta  carta foi vendida em um leilão por mais de 400 mil dólares.