sábado, 29 de junho de 2013

Einstein: “A Bíblia é uma fonte de sabedoria e consolo que dever ser lida frequentemente"

Albert Einsteinpost Um exemplar da Bíblia em que o físico Albert Einstein escreveu uma dedicatória na qual se refere ao livro sagrado como “uma grande fonte de sabedoria e consolo que deve ser lida frequentemente" foi vendido por 68.500 dólares (cerca de 150 mil reais) em um leilão na Bonham's, em Nova York (EUA).
O livro foi presenteado pelo físico e sua esposa Elsa a uma amiga americana, Harriett Hamilton, em fevereiro de 1932.
"Einstein não se identificam com a religião organizada. Por isso essa dedicação é um exemplo extraordinário do que ele sentia no início dos anos de 1930”, disse Christina Geiger, diretor do departamento de livros e manuscritos da Bonham's. Fonte com AP
Albert Einstein - biblia
Mas, ao que parece,  o cientista mudou de ideia anos depois. Em 1954, um ano antes da sua morte,  Einstein em reposta ao  filósofo alemão Eric Gutkind , autor do livro “Choose Life: The Biblical Call to Revolt” (Escolha a Vida: O Chamado Bíblico para a Revolta, em tradução livre),  escreve o seguinte (foto abaixo):
"A palavra Deus para mim é nada mais que a expressão e produto da fraqueza humana. A Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que são bem infantis".  Em 2009, esta  carta foi vendida em um leilão por mais de 400 mil dólares. 

9 comentários:

  1. Anônimo diz:

    Eta homem em deciso em religião,uma hora acredito outra horas desacredita dorme com uma coisa dessa.

    Vin diz:

    Mudar de ideia é sinal de reflexão, sinal de que está evoluindo mentalmente.

    Vivian diz:

    Desculpe senhor Anônimo, não consegui entender o que significa "em deciso"

    claro, o grande Einstein não poderia permanecer com a ideia que a biblia seria uma fonte de sabedoria, pois o mesmo era judeu. Seria tolo da parte dele, coisa que ele não era.

    Zém diz:

    Vin, principalmente em um cientista. A dúvida ou a aparente contradição fazem parte dos homens de ciência.

    Zém diz:

    Ave Cesar, sim ele era judeu, mas estudou durante a sua infância na Alemanha em um colégio católico. Por isso, acredito que ele deveria ter algum conhecimento da Bíblia.

    Anônimo diz:

    Basta você estudar o antigo testamento com seus erros, contradições, seres zumbis(morrem e reaparecem)''heróis''(Nóe, ABRAÃO, Davi, Salomão...) de pior índole que Fernandinho Beiramar...

    Anônimo diz:

    A bíblia é um livro de auto ajuda como qualquer outro. Cabe as pessoas inteligentes lê-la e interpretá-la, Entender os ensinamentos e aprender algo, nunca seguir cegamente como um inseto indo para a luz. Para uma pessoa adulta e esclarecida, fica difícil acreditar naqueles contos ali escritos.

    Como só alguns têm FORÇA MENTAL para ser ateu; e o resto não passa de indivíduos EMOCIONAIS que nasceram para ter fé nos mais estranhos absurdos religiosos; o religioso em vez de RACIONALIZAR apenas repete as mitologias que memorizou; pois ele necessita se agarrar em algum Amigo imaginário...

Postar um comentário