sábado, 10 de agosto de 2013

Governo checo recua no direito de “religioso” da Igreja do Monstro Espaguete Voador

Lukas Novy O checo Lukas Novy tornou-se famoso após aparecer com um escorredor de espaguete na cabeça no seu documento de identidade. Com o argumento de que é um seguidor da Igreja do Monstro Espaguete Voador, obteve do governo de seu país o direito de usar a foto na sua identidade, que, segundo ele, é um adereço obrigatório dos fiéis de sua “religião”.Entretanto, dias depois, o Ministério do Interior revogou a decisão sob a alegação de que a igreja não é uma religião reconhecida no pais.
Lukas Novy  1 “Gosto de zoar o Estado. Gosto também de chamar a atenção. Sou um político e creio que essa visibilidade midiática me favorecerá nas próximas eleições”, diz Lukas que tem 27 anos e trabalha na área de tecnologia.
Pela lei checa, todo cidadão deve aparecer no documento de identidade com a cabeça descoberta, exceto por razões médicas ou religiosas.
A igreja do Monstro Espaguete Voador foi fundado pelo físico norte-americano Bobby Henderson, em 2005, com o objetivo de parodiar a obrigatoriedade do ensino do criacionismo (design inteligente) nas aulas de ciência das escolas de Kansas, como alternativa à teoria da evolução das espécies biológicas de Charles Darwin.
Igreja do Monstro  Espaguete Voador Os seguidores dessa “religião” são chamados “pastafaris” , expressão cunhada do trocadilho dos  termos pasta (macarrão) e rastafári (movimento jamaicano com característica religiosas).Fonte