quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Cientistas britânicas gravam um vídeo irreverente e provocativo:sou, sexy, estúpida...e cientista

cientistas_thumb[4]post Cientistas britânicas da Universidade de Bristol decidiram protestar sobre uso apelativo das mulheres em peças publicitárias. Com humor e irreverência gravaram um vídeo bem provocativo (veja abaixo), onde elas caminham entre laboratórios ao som da música ”I'm Sexy And I Know it” (algo como “sou sexy e sei”).

Vestidas com minissais, blusas decotadas e saltos altos, as pesquisadoras mostram seus encantos e até se emocional ao descobrir que 1 + 1 é igual a 2.
Elas também escondem publicações de moda dentro de livros científicos, detonam equipamentos de pesquisa com maquiagem e derramam líquidos químicos sobre o chão. Sem suma, como mulheres só pensam em se apresentar belas, atraentes e são demasiadamente estúpidas para fazer algo direito.
Obviamente, trata-se de uma paródia. Esta é na verdade uma resposta a um anúncio considerado sexista veiculado pela Comissão Europeia (CE), no ano passado, com o objetivo de incentivar jovens a se envolver no mundo da ciência. 
No vídeo original (veja acima),  belas modelos provocantes também apareceram vestidas de minissais, circulando entre provetas, fórmulas matemáticas e células fotoelétricas foram misturadas com batom e pincéis de maquiagem.
Apesar das boas intenções, o vídeo gerou uma grande polêmica na rede e foi classificado pelos internautas como "machista , "frívolo" e "ultrajante" .  No final, a CE foi forçado a retirar o spot do ar.
"Nós fizemos isso por diversão, mas também porque o original é horrível. Foi realmente muito degradante para as mulheres e não contém qualquer relação com a Ciência, só maquiagem ", diz uma das participantes, Gage Suzi, neuropsicóloga cognitiva. Fonte