segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Christiane F. conta agora a sua “Segunda Vida”

Christiane F - filmepost Christiane Vera Felscherinow é uma alemã ex-viciada em heroína, que se tornou famosa com a publicação de sua autobiográfico, em 1978. Com o título “Wir Kinder vom Bahnhof Zoo” (Nós, as Crianças da Estação Zoo), a obra marra toda a sua degradação por ser viciada em heroína quando tinha apenas 13 anos. Seu drama virou best seller e logo ganhou adaptação para o telão.
Com o título sensacionalista de “Eu, Christiane F, 13 Anos, Drogada e Prostituída”, o filme dirigido por Ulrich Edel, foi lançado no Brasil em 1981, e, a exemplo da obra escrita, se tornou um dos filmes mais cultuados da década de 1980.
Christiane Vera FelscherinowHoje, 35 anos depois, Christiane F - como ficou conhecida - decidiu contar a sua história desde que conheceu o sucesso. Na semana passada, lançou o livro “Mein Zweites Lebe” (“Minha Segunda Vida”).
Nele, a autora conta os muitos anos convividos com as drogas e as sucessivas prisões. Conta também que atuou como atriz em um filme punk e suas viagens a diversas partes do mundo. Lançou um disco e fez amizade com David Bowie e o cineasta Frederico Fellini, entre outros famosos.
Christiane F filme 2Com o nascimento do filho, em 1996, tenta largar as drogas. “O meu filho foi algo positivo para mim. Ganhei maturidade e foi óbvio desde o início que era capaz de ser mãe e não estragar tudo”, afirma. Entretanto, a promessa não foi mantida e Christiane F. perde a custódia da criança.
Mein Zweites Lebe E foi por todas essas e outra que Christiane F. resolveu publicar um novo livro. O texto foi final é da escritora Sonja Vukovic, que dedicou 3 anos fazendo entrevistas e chegando dados.
Com o lançamento do livro, foi criada a Fundação Christiane F. para apoiar filhos de toxicodependentes. Também entrou no ar o site www.christiane-f.com, cujo objetivo é prevenir vícios e evitar que os filhos de viciados sejam obrigados a viver sozinhos com este drama.
Christiane F10 Quando tinha 16 anos, Christiane F. nunca pensou que chegaria aos 30. Hoje tem 51. Fotes: Euronews e Jornal o Estado de S.Paulo

3 comentários:

  1. HAHHA Nossa que locura!

    Showw

    excelente!

Postar um comentário