segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Cientistas dizem que um copo de vinho pode equivaler a 30 minutos de atividade física

vinho - saúdepost Já se sabe, por exemplo, que entre todas as bebidas alcoólicas, o vinho é a que mais favorece a saúde. Isso porque substâncias encontradas na casca e na semente da uva são antioxidante e têm propriedade antibióticas.

Além disso, esse néctar dos deuses também previne a formação de placas de gordura nas artérias, reduzem o colesterol ruim (LDL) e aumentam o bom (HDL) no organismo. Obviamente quando bebido moderadamente.
Agora temos essa. Segundo pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Alberta (Canadá), um copo de vinho durante as principais refeições pode equivaler a cerca de 30 minutos de atividade física.
Com isso, são minimizados os efeitos do sedentarismo e ajuda a evitar que os músculos envelheçam. Mas não só: aumenta também a densidade dos ossos e melhora a função cardíaca.
E o responsável por tudo isso é o antioxidante resveratrol, componente do vinho que também traz vários outros benefícios já conhecidos, como ajudar na prevenção do Alzheimer.
Mas atenção. A taça de vinho não substitui a atividade física. O resveratrol é apenas um coadjuvante no processo. O ideal é combinar os exercícios com o consumo adequado (ou seja, um copo de 200 ml) de vinho.
Importante: É fundamental que se consulte um médico para a realização de exames clínicos antes de ir puxar ferro na academia. Até mesmo para exercícios aeróbicos, principalmente quando se tem uma idade mais avançada. Li aqui.