domingo, 20 de outubro de 2013

O beijo ajuda selecionar e a manter o parceiro

beijo na bocapost Em estudos anteriores comprovou-se que o beijo na boca é uma prática saudável, como fortalecer o sistema imunológico e diminuir o estresse urbano cotidiano. Uma nova pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Oxford sugere que ele também pode ajudar a mulher avaliar de forma inconscientemente a compatibilidade com o parceiro.

Nessa pesquisa, os cientistas concluíram também que beijar pode ajudar o casal manter uma relação mais estável e duradoura. “O beijo na relação sexual ajuda a avaliar a qualidade genética do potencial parceiro, a aumentar a excitação e ajuda a prolongar a relação do o casal”, diz Rafael Wlodarski, pesquisador do Departamento de Psicologia.
“O beijo faz parte das relações humanas em todas as sociedades e culturas. Ele é praticado entre os chimpanzés, mas é muito menos intenso e menos utilizado. Já entre os humanos é um comportamento extremamente difundido e comum, mas é também bastante singular”, salienta Wlodarski.
A pesquisa concluiu também que as pessoas que mais valorizam o beijo são mais exigentes na escolha dos parceiros, e que as mulheres classificam o beijo como o ato mais importante relacionamento.
Além disso, homens e mulheres que se consideram atraentes ou que tendem a ter mais relações casuais, também classificaram o beijo como importante.

0 comentários:

Postar um comentário