terça-feira, 5 de novembro de 2013

Hugh Hefner, o jovem rebelde e o homem que liberou o homem em uma autobiografia ilustrada

Hugh Hefner - abre 1 post Como escrevi aqui no mês passado, o fundador da Playboy, Hugh Hefner, foi fundamental na liberação masculina ao estabelecer novas formas de comportamento, consumo e de entretenimento ao homem da década de 1960.

Entre outras contribuições, ele foi o precursor do apartamento de solteiro. É dele a ideia do homem ocupar o espaço doméstico, que na época era um território estritamente feminino. Em outras palavras: o homem solteiro tem de administrara a própria casa.
Hugh Hefner 11 Hefner também é descrito como um jovem contestador. Segundo o documentário “Hugh Hefner: Playboy, Ativista e Rebelde” (veja trailer abaixo), ele lutou causas que para o início dos anos de 1950 eram extremamente ousadas e impensáveis.
Entre elas, esteve ao lado dos negros pelos seus direitos civis, foi defensor da legalização da maconha e da causa gay, além de se opor radicalmente ao macartismo, à Guerra do Vietnã e à qualquer forma de censura.
Hugh Hefner 10 E para comemorar os 60 anos da revista, a editora Taschen está publicando uma autobiografia ilustrada de Hugh M. Hefner, com os momentos mais marcantes da Playboy nos primeiros 25 anos.
O livro também faz um retrato de sua vida privada e profissional, desde a sua infância dedicada aos desenhos de histórias em quadrinho até o assombroso êxito de sua revista.
De seus arquivos pessoais, foram selecionados uma grande quantidade de material, que inclui peças originais de arte, caricaturas e correspondência, assim como um longo texto autobiográfico centrado em sua juventude, no serviço militar, seus primeiros passos como desenhista e suas diversas namoradas. Fonte
, Hugh Hefner 5 Hugh M. Hefner 1, Hugh Hefner 6  Hugh Hefner 22