quinta-feira, 1 de maio de 2014

G0ys são homens que se relacionam entre si, mas não se consideram gays. Entenda

goypost O movimento surgiu nos Estados Unidos no início dos anos 2000, nas fraternidades masculinas universitárias, entre skatistas e surfistas. No Brasil, a filosofia g0y começou a ser divulgada por blogs 10 dez anos depois e logo se espalhou. O termo é escrito com um zero no lugar da letra "a" da palavra gay (g-zero-y).
Em novembro, uma das principais comunidades de g0y no Facebook reunia apenas 43 membros. Em abril deste ano, o número passou para quase 700. O site ‘heterogoy’ existe há menos de dois meses e tem mais de 1 mil acessos diários.
mulheres
Os g0ys são homens e a denominação não vale para mulheres que mantenham relações afetivas.
Brasília, Salvador e Rio de Janeiro são os locais em que o movimento tem mais força. “Aproximadamente 70% dos g0ys são heterossexuais e se relacionam com mulheres, 30% são exclusivamente homoafetivos”, afirmou Cláudio La Paz, defensor da bandeira g0y.
Mas o que é ser g0y? Segundo Master Fratman, um dos líderes do movimento no Brasil, eles são homens, transam apenas com mulheres, não se identificam com os valores e comportamentos dos gays, mas se intitulam com uma palavra parecida: “g0y”.
“São heterossexuais, no entanto, liberais nas relações com outros homens. Entre os amigos g0ys, podem rolar beijos, amassos, sexo oral e carícias íntimas, mas não penetração anal. As relações g0ys são mais homoafetivas”, explica Fratman.
Marcelo e Roni - BBB
No Big Brother Brasil 14, a grande amizade entre Marcelo e Roni  foi apontada como bromance.
Enfim, é uma amizade masculina sem preconceitos. São homens que se permitem demonstrar carinho e sentimentos por outros, e estão fora das normas homossexuais e heterossexuais solidificadas na sociedade.
“Não desejamos atos desiguais, a relação gay no nosso entendimento não é igualitária, no momento em que estabelece a figura do ativo e do passivo, cria-se a tentativa de cópia de uma relação de cópula heterossexual”, diz La Paz.
Parte dos g0ys já foi bissexual no passado.
“Entre os g0ys acontece tudo de igual para igual, na maioria das vezes entre amigos íntimos. Pode ainda existir relação mais séria, como um namoro, chamado pelos g0ys de bromance, romance entre brothers”, comenta Fratman.
“Parte dos g0ys já foi bissexual no passado, portanto, é comum acontecerem recaídas e interação com o mundo gay, principalmente os homens mais velhos. Apesar da proximidade, é dos homossexuais masculinos que os g0ys sofrem mais preconceito”, diz La Paz. (Fonte: Portal Terra e Zero Hora)

0 comentários:

Postar um comentário