quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Eles são os aplicativos mais polêmicos da história

game Bomb Gazapost Lançado em 26 de julho deste ano, o polêmico game “Bomb Gaza” (Bombardeando Gaza) foi removido pelo Google Play no último dia 4. O jogo estimulava ataques aéreos na Faixa de Gaza e foi duramente criticado por internautas, gamers e autoridades.

Com quase mil downloads , “Bomb Gaza”permitia ao jogador pilotar um avião de combate israelense com o objetivo de eliminar supostos militantes do Hamas. Mas, apesar de ser removido do Google, ele continua disponível no Facebook.
De acordo com um porta-voz do Google, o "app" foi removido por "violar as políticas da empresa”. Veja abaixo alguns aplicativos polêmicos que também foram banidos.
Baby Shaker Em 2009, alguns dias depois da sua aparição na App Store, o jogo “Baby Shaker” (Sacuda o Bebê)foi removido da loja.Para silenciar o choro de um recém-nascido mostrado na tela, você precisa balançar o telefone até que a criança fique inconsciente. O objetivo é saber “quanto tempo você aguentar o barulho sem precisar chacoalhar o bebê”.
Weed Firm Em maio deste ano, o jogo “Weed Firm”  (Firma de Maconha) foi removido da App Store poucas horas depois de ser lançado, mas o sucesso foi tão grande que ele tomou o 1º lugar do ranking de mais baixados na loja norte-americana, o que acabou atraindo muita atenção por parte dos investigadores da Apple.
game Phone Story Em setembro de 2011, o “Phone Story” foi removido pela Apple de sua loja de aplicativos por satirizar a forma como os smartphones são produzidos na China. Seu contudo trazia o trabalho escravo e trabalhadores suicidas, assuntos comumente ligados à produção do iPhone no país asiático.
Exodus International A Apple não resistiu às pressões da comunidade gay e da mídia e retirou em março de 2011 o aplicativo “Exodus International” que prometia a cura do homossexualismo.
iSnort O “iSnort” nem chegou a ser aprovado para integrar as lojas de aparelhos com iOS, Android, Blackberry ou Symbian. O aplicativo simula o consumo de cocaína: através da tela sensível a toque, você organiza fileiras com a droga e pode “aspirá-las” virtualmente.

0 comentários:

Postar um comentário