sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Robin Rice quer dar um basta à loucura da beleza

Loucura da belezapost "Stop the beauty madness" ("Pare com a loucura da beleza"). Este é o nome do movimento criado pela escritora e ativista norte-americana Robin Rice, diretora artística da campanha contra os estereótipos de beleza.

Composta por uma série de anúncios falsos, mas com mensagens brutalmente honestas, objetivo da escritora é denunciar a realidade que existe no padrão de beleza que a sociedade assume sem pensar, tais como: ser branca, alta, magra e sem curvas.
As imagens que compõe a campanha retratam a descriminação por idade, etnia, peso, sexualidade e transtornos de alimentação que a publicidade veicula diariamente.
Rice procura gerar uma mudança cultural que desafie a crença de que a aparência de uma mulher determina seu valor.
Robin Rice 1000
Para  Robin Rice, a beleza pode ser meticulosamente conquistada ou completamente acidental. E, ainda assim, “nós privilegiamos a beleza sem esforços”.
“Minha principal missão é dizer que se as mulheres estão preocupadas com seu peso e sua aparência a ponto de não buscar seu lugar no mundo, então nós estamos perdendo alguns indivíduos realmente extraordinários. As mulheres precisam estar ajudando o mundo a ir para uma direção mais bonita - uma direção genuinamente bonita", disse Rice.
Além desta campanha, Rice é criadora das produções "Be who you are" ("Seja quem você é"). Nesta campnha, ela abre o debate sobre questões da aparência e da beleza irreal, trabalhada digitalmente e longe do que a natureza faz com a maioria das mulheres. Fonte:
Beleza, lembra Rice, pode ser meticulosamente conquistada ou completamente acidental. E, ainda assim, nós privilegiamos a “beleza sem esforços” sobre o verdadeiro esforço (e angústia) que requere alcançá-la, enquanto criticamos aquelas que por acaso são muito magras por sucumbir a padrões de beleza. “Mesmo se você se encaixar no molde, você se encrenca por se encaixar no molde”, ressalta Rice. Fonte
Robin Rice 1 “O que é que eu quero ser quando crescer? Bonita”.
2“Inteligente o suficiente. Talentosa o suficiente. Não branca o suficiente. #nãoconseguiuotrabalho”.
BeautyMadness 3 “Meu namorado diz que eu ganhei uns quilos. Eu simplesmente amo a forma como ele sempre cuida de mim”.
BeautyMadness 4 “O que eu aprendi na escola hoje? Gorda. Porca. Leitão. Subumana. Nojenta. Por que não simplesmente se matar?”
BeautyMadness 5 “Eu estou com uma p*ta fome”.
BeautyMadness 6“Ainda estamos lá?”
BeautyMadness 7“O que está errado com essa foto? Absolutamente nada”.
BeautyMadness 8“Então se eu esticar meu cabelo vou chegar mais longe na vida? Certo, mas quão livre é isso?”
BeautyMadness 9“Eu ainda nem gosto de garotos”.
BeautyMadness 10“Oh meu… Pareço gorda nessa?”
BeautyMadness 11“Claro que eu tenho um relacionamento. Com o meu tamanho”.
BeautyMadness 12 “Bonita: uma prisão para chamar de minha”.
13“Não um homem. Não uma besta. Não uma louca. Não tentando provar alguma coisa. Apenas fazendo uma escolha”.
14 "Assim, mamãe?"
15No vão entre as pernas, a frase "Meu valor"
16 “Eu não sou anoréxica. Eu não estou doente. Eu não tenho sorte. Eu sou magra. É um tipo de corpo".