terça-feira, 23 de setembro de 2014

China cria calçada exclusiva para usuários de celular

Celufaixa na Chinapost A China é um país com mais de 1,3 bilhões de habitantes. E o excesso de pessoas que se deslocam com os olhos grudados em um celular levou a cidade de Chongqing a criar uma calçda exclusiva para esses usuários, ou seja, uma “celufaixa”, informa o jornal britânico The Guardian.

A calçada tem aproximadamente 30 metros comprimento e foi dividida ao meio por uma faixa branca. De um lado, à esquerda, caminham as pessoas sem celulares, do outro as que nãos se desgrudam de seus aparelhos.
Cellphone Lane
A celuvia em Washington D.C foi monitorada pelo canal de TV da National Geographic.
Segundo às autoridades locais, o objetivo do projeto é proteger as circulação das pessoas enquanto elas falam ou teclam e caminham ao mesmo tempo. A ideia da prefeitura de Chongqing é bem semelhante a de um projeto-piloto implantado em Washington D.C. (EUA),em julho deste ano, com a ideia de realizar testes comportamentais.
Polêmica a parte, o debate sobre os perigos de caminhar usando o celular levou a Universidade de Ohio (EUA) a realizar, em 2013, um estudo que apontou para o crescimento no número de acidentes sofridos por pessoas que transitam em vias públicas coladas em seus aparelhos. Em 2005 foram registrados 256 acidentes e em 2010 esse número saltou para 1.506.
Celufaixa na China 1
A primeira calçada da China para usuários de celulares, diz o aviso.
Outro estudo realizado pelo Pew Research Center conclui que, em 2012, 23% dos usuários de celulares sofreram algum tipo de acidente: algo como quedas ou choque com outras pessoas enquanto caminhavam de olho em seus aparelho. Esse número cresceu 6 pontos percentuais em comparação à pesquisa anterior, realizada em 2010.