terça-feira, 9 de setembro de 2014

Um filme com Johnny Depp inspira identificar identidade de Jack, o Estripador

Do Inferno - Johnny Depp Apost Passados quase 126 anos, parece que a verdadeira identidade de Jack, o Estripador tenha rosto e nome. O culpado por aterrorizar Londres com o assassinato de 5 mulheres foi um polonês de 23 anos chamado Aaron Kosminski, que trabalhava como barbeiro.

Essa conclusão é do empresário Russell Edwards, que depois de uma árdua investigação lançou nesta semana nos EUA o livro “Naming Jack the Ripper” (Dando Nome a Jack, o Estripador, em tradução livre). Segundo Russell, isso só foi possível graças ao filme “Do Inferno” (2001), protagonizado por Johnny Depp.
6 suspeitos 0'Os 6 suspeitos - Jack o Estripador Até agora, Kosminski era um dos 6 suspeitos principais (fotos acima) que a Scotland Yard investigou, mas nunca conseguiu provas conclusivas para incriminá-lo. Segundo relatório da polícia londrina, ele era um “provável esquizofrênico com alucinações auditivas e onanista”.
Para chegar a Kosminsk, Russell comprou o xale onde foi encontrado o corpo de Catherine Eddowes, uma das vítimas do criminoso, e encontrou um peça de roupa que contém o DNA dela e do assassino (foto abaixo). Em seguida, colocou o local à disposição de Jari Louhelainen, um especialista em análise de evidências genéticas de crimes antigos que atua na Interpol.
Russell Edwards Depois de várias análises, Louhelainen conseguiu confirmar a compatibilidade do DNA da vítima e do criminoso. Segundo as análises, o esperma encontrado no xale é de Kosminski, com o exame apontando 100% de certeza.
"Agora que acabou, estou animado e orgulhos pelo que conseguimos e satisfeito que tenhamos estabelecido, o máximo que pudemos, que Aaron Kosminski é sim o único culpado desses crimes”, conta Louhelainen ao jornal britânico Daily Mai.
“Quando comecei a me envolver nesse caso, eu era apenas um curioso, suficientemente interessado em conduzir minha extensa pesquisa depois de assistir o filme  ‘Do Inferno’, com Johnny Depp”, disse Russell.
ELIZABETH-RIPPER
Segundo o livro “Jack The Ripper: The Hand Of A Woman” (algo como "Jack o Estripador: a mão de uma mulher"),do ex-advogado britânico John Morris, a verdadeira autora dos crimes  é galesa Lizzie Williams.

0 comentários:

Postar um comentário