quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Violência, anorexia e drogas:o fim trágico das misses

María José Alvarado Apost María José Alvarado, de 19 anos, foi coroada Miss Honduras em abril e se preparava para viajar a Londres para o concurso Miss Mundo em dezembro, quando desaparece na noite do dia 13 de novembro.
Cinco dias depois, os corpos de María José e de sua irmã, Sofía Trinidad, de 23 anos, foram encontrados enterrados perto de um rio em uma localidade próxima à cidade de Santa Bárbara, no norte do país. Plutarco Antonio Ruíz, o namorado de Sofía, confessou o assassinato à polícia.
María José Alvarado
María José Alvarado pretendia seguir a carreira diplomática
A carreira de María José em concursos de beleza começou aos 15 anos. Depois de vencer o Miss Teen Honduras, em 2012, ela se tornou um rosto bem conhecido em seu país.
Filha de uma família de classe média baixa, ela tinha trabalhado como modelo para lojas de departamentos locais e pretendia seguir a carreira diplomática. Mas María José não foi a única miss a ter um fim trágico, seja por assalto, anorexia ou relações com drogas.
Génesis Carmona Génesis Carmona, Miss Turismo 2013 da Venezuela morreu depois de levar um tiro na cabeça em fevereiro deste ano, quando participava das manifestações políticas em seu país. Tinha 22 anos.
Mónica Spears Mónica Spears, Miss Venezuela 2004, e seu marido foram assassinados durante um assalto. Ela tinha 29 anos.
Anaís Osío Anaís Osío, uma jovem de 25 anos e estudante de Comunicação Social, era candidata a Miss Venezuela deste ano. Morreu de ataque cardíaco depois de passar por uma dieta extrema, onde perdeu 30 quilos, ou seja, anorexia.

A norte-americana  Cassandra Lynn Hensley, Miss Fevereiro 2006 e  Playmate, morreu este ano vítima de overdose de drogas.
Martha Adriana Sandoval Morales Em janeiro deste ano, a  Miss Fitness 2010 mexicana  Martha Adriana Sandoval Morales foi assassinada dentro de seu carro. Tinha 29 anos.
María Susana Flores GámezTambém no México, a Miss Sinaloa 2012, María Susana Flores Gámez, de 22 anos, morreu durante um treinamento militar, no final de 2012.
Fehmina Chaudhry No Paquistão, a Miss Ásia 2012, Fehmina Chaudhry , foi estrangulada pelo namorado, em outubro de 2013.

1 comentários:

  1. Anônimo diz:

    Belas mulheres, com finais tristes!

Postar um comentário