sábado, 24 de janeiro de 2015

Cara Delevingne libera seu lado selvagem mas é criticada pelos defensores dos direitos dos animais

Cara Delevingnecredito  Nascida sob o signo de Leão, em 1992, a britânica Cara Delevingne é a top model do momento. Nesta sexta-feira (23), ela mostrou o seu lado mais selvagem ao postar uma imagem em que aparece com o mesmo dedo tatuado dentro da boca de um filhote de leão: "dream date", escreveu, em tom de brincadeira.
O encontro com o filhote aconteceu na Escola de Belas Artes, em Paris, para apresentar a top como a nova embaixadora da Tag Heuer, marca de relógios suíça.
Cara Delevingne AADurante toda a coletiva de imprensa, com a presença de mais de 150 jornalista, Cara não largou Bobby (nome do filhote) e arriscou até a alimentá-lo com uma mamadeira quando os treinadores perceberam que ele estava com fome. Nem as mordidinhas dadas pelo animal incomodavam a modelo.
"Não é um problema para mim. É assim que espero que meu bebê seja", disse, com seu bom humor característico. Entretanto, este gesto não agradou os defensores dos direitos dos animais.
Cara Delevingne já tem uma vasta  coleção de animais bizarros em seu portfólio, que vai de cobras, aranhas e corujas, entre muitos outros.
Vários pessoas manifestaram indignação, frisando que “filhotes de leão não são fantasias”, acrescentando que “a saúde e bem-estar do animal não devem ser colocadas em risco”. Alguns seguidores de seu perfil no Twitter escreveram que se tratou de uma “ideia estúpida” usar animais com “objetivos comerciais”.

"Filhotes de leão não são adereços de fotos. A saúde e bem estar deles não podem ser comprometidas. Eles pertencem à natureza e não devem ser usados por uma celebridade apenas para vender alguns relógios", disse Dr. Neil D'Cruze, da World Animal Protection, em entrevista ao Daily Mail. 
Tag Heuer 1
Cara Delevingne  001
Tag Heuer 2
cara-delevingne-19
Cara Delevingne 5
FFN_IMAGE_51633996|FFN_SET_60088675
Cara Delevingne  6