terça-feira, 31 de março de 2015

Moeda do Lollapalooza cria ilusão de preço baixo

Lollapalooza 2015Em qualquer grande festival de música pop tem uma hora que a fome bate com tudo. Além da comida, água, refrigerantes e cervejas são bem-vindos. O Lollapalooza deste ano apresentou o Chef’ Stage, um espaço gastronômico composto renomados chefs de restaurantes.
Segundo os organizadores, foi criada uma moeda local oficial com o objetivo de evitar filas, otimizar o tempo e proporcionar mais conforto ao público. A tal moeda foi batizada de Lolla Mangos e poderia ser comprada pela Internet. Até aí, tudo bem.
Lolla MangoMas me parece que o objetivo não foi o divulgado pelos produtores. O problema foi a conversão para o real. Cada Lolla Mango foi vendida por 2,50 reais. Ou seja, uma forma muito sacana de mascarar os preços, criando a ilusão de que os preços parecessem menores do que realmente eram. Em outras palavras: isso não deixa de ser um golpe branco.

Um hambúrguer, por exemplo,  era vendido por 9 mangos (ou seja, 22,50 reais), o cachorro-quente por 6 mangos (15 reais). E por aí vai toda a sacanagem. Além disso, a edição deste ano levou os preços à estratosfera: subiram em média 60% em relação a edição do ano passado.

A cerveja chegou a 10 reais (11% mais caro em relação aos 9 reais de 2014). O refrigerante foi vendido por 7,50 reais (50% mais que os 5 há um ano). O copo de água teve a maior alta: 66,6%, de 3 reais em 2014 saltou para para 5 em 2015. Ufa!!!!
Lollapalooza - mangos