domingo, 19 de abril de 2015

Jovens americanos mais ricos preferem Instagram e Snapchat em vez do Facebook, revela pesquisa

Instagram e Snapchatcredito Parece difícil de acreditar que o nível sócio econômico das pessoas influencie na escolha de uma rede social. No entanto, um estudo do Centro de Pesquisa Pew revelou que os jovens de famílias ricas preferem o Instagram e o Snapchat em vez do Facebook.


De acordo com os autores do estudo, os jovens norte-americanos de famílias com renda inferior a 50 mil dólares por ano usam principalmente o Facebook. Entre eles, 49% dizem que é a rede social favorita. 
O curioso é que quanto mais rica é a família menor é a taxa dos usuários da rede social Zukerberg. 37% dos jovens de famílias com renda acima de 50 mil dólares preferem o Facebook. 12% menos do que aqueles cujas famílias ganham menos de 50 mil dólares. 
Segundo dados divulgados pelo Pew Research, Facebook, de fato, continua a ser uma força dominante na vida dos jovens norte-americanos. 71 % deles relatam que usam a rede social.  No entanto, os de famílias de classe média e superior mostram uma clara preferência por Instagram e Snapchat
Em contrapartida, 25% dos jovens cujas famílias faturam 100 mil dólares declararam que o Instagram é a sua rede social favorita. Enquanto que no grupo dos jovens com renda inferior a 50 mil dólares apenas 15% dizem que preferem Instagram. 
O estudo também revelou que existe um comportamento similar com Twitter. O jovens que preferem a rede social do pássaro azul aumenta entre as famílias mais ricas, mas não é a rede social prefirida entre eles. 
É certo que a rede social de Zukerberg continua a ser a mais popular, mas se somarmos os percentuais dos jovens usuários do Instagram (25%) e Snapchat (15%) pertencentes às famílias com renda anual acima 100 mil elas superam o Facebook: 40% contra 31% do Facebook. 
Centro de Pesquisa Pew