quinta-feira, 7 de maio de 2015

Surpresas no primeiro estudo científico sobre a evolução da música pop nos Estados Unidos

Beatles Stones Hip Hop - abrecredito  Biólogos evolucionistas e cientistas da computação se uniram para estudar a evolução da música pop. Foram amalizada 17 mil músicas da lista Billboard Hot 100, entre 1960 e 2010, isolando as diferentes características das canções, como a frequência de certos acordes e os tipos de instrumentos ou vozes. O estudo foi publicado na revista Royal Society Open Science.
Ao contrário do que se imaginava, a chamada “invasão britânica” nos Estados Unidos da música pop dos grupos Beatles e Rolling Stones não marcou o começo de qualquer evolução do pop, pois esses grupos apenas seguiram uma tendência já existente.
De acordo com o estudo, a maior evolução nos EUA se deu de fato em 1991, quando o hip-hop se tornou bem popular, não em 1964 com o estouro das bandas inglesas. O hip-hop nasceu nos bairros pobres do Bronx, em Nova York, e sua chegada ao mercado fonográfico mudou radicalmente a música pop.
LL-Cool-J
A mais maior evolução se deu em 1991, quando artistas como LL Cool J (Ladies Love Cool James, significado de seu nome artístico) entraram no mercado fonográfico.
O estudo constatou que 1986 foi o ano menos diversificado, um fato que os pesquisadores atribuem à popularidade inesperadas dos drum machines e samplers. A diversidade foi recuperada depois desse momento. Apesar de voltar a se retrair em 2010, os cientistas rejeitam visões pessimistas: não há evidências de uma tendência geral em direção à homogeneização.
Para Matthias Mauch, da Faculdade de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação da Univerdisdade Queen Mary de Londres, essa é a primeira vez que um estudo fornece dados “sobre as propriedades musicais das gravações em grande escala”.
“Fomos além do que os especialistas nos dizem. Alguns críticos musicais e cientistas levantam a tese de que a música está se uniformizando. Mas por meio da análise dos dados coletados, nós não confirmamos esse fenômeno".
“Com certeza, alguns irão discordar de nossa abordagem científica, acho também que é limitado para um tema tão emocional, mas acredito que podemos acrescentar algo à maravilha que é a música, apreendendo mais sobre ela. Queremos analisar mais músicas de vários períodos e mais países e assim construir uma imagem precisa de como ela evolui”, finalizou Mauch.
Disco que iniciou  a separação dos Beatles faz 45 anos - Em 8 de mais de m 1970, o Fab Four lançou o álbum “Let it Be”. Apesar de oficialmente ser o último álbum do grupo, ele foi produzido antes de “Abbey Road”. O disco começou a ser pensado em janeiro de 1969 e originalmente se chamava “Get Back”, mas foi engavetado.
Em 1965, Rolling Stones gravaram e lançaram “Satisfaction”, um dos mais conhecidos hinos do rock and roll. A música foi gravada em 2 sessões. A primeira no dia 10 de maio e a segunda 2 dias depois, nos Estados Unidos. A novidade foi o uso do pedal de distorção que deu à música seu som de guitarra mais marcante.