domingo, 5 de julho de 2015

Uma nova ilusão de ótica que transforma imagem negativa em foto colorida se torna viral no Twitter

Ilusão de ótica - Twitter AAPor Zém - Há uns 2 meses, a imagem de um vestido postado no Twitter dividiu opiniões no mundo inteiro entre as pessoas que achavam que a peça era preta e azul e as que achavam que era branca e dourada.
Segundo um neurocientista entrevistado pela revista Wired, isso acontece porque os seres humanos evoluíram para enxergar à luz do dia, mas essa luz muda de cor. A tentativa do cérebro de compensar a variação cromática seria a responsável por fazer com que as pessoas vejam o vestido de maneira diferente.
Vestido polemicoPois bem. Agora estamos envoltos em mais um mistério de ilusão de ótica. Trata-se de uma imagem em negativo que mostra uma mulher em tons de preto, branco e azul com uma pinta branca no centro do nariz.
O desafio é fixar o olhar durante 15 segundo no ponto branco do nariz e depois piscar os olhos e desviar a visão para o quadrado branco ao lado. O resultado que teremos é visão de uma fotografia colorida. Confira abaixo.
Ilusão de ótica - Twitter 01De acordo com o jornal britânico Daily Mail, a explicação científica deste fenómeno baseia-se no fato de a fotografia em negativo ser uma “imagem residual negativa” e ao olharmos para o tal ponto branco geramos “uma fadiga visual” que depois nos permite ver uma “imagem remanescente”. E essa imagem criada pelo cérebro é o resultado da transformação da imagem negativa nas cores inversas.
As células responsáveis por essa transformação chamam-se ganglionares. É através delas que o cérebro interpreta luzes e cores ao nosso redor com base nas cores primárias (azul, verde e vermelha), pois a visão humana é tricromática (abaixo).
Há 3 canais atrás do olho que levam a informação da cor ao cérebro. Um deles é responsável pelo preto, branco e cinza. O segundo, pelo verde e pelo vermelho e, o terceiro pelo amarelo e azul. Detalhe: não todos podem passar por esse fenômeno.
visão humana