sábado, 8 de agosto de 2015

Balada sertaneja barra pobres, negros e gente gorda

Musica sertanejaPor Zém - O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) instaurou inquérito para apurar denúncias de discriminação racial e social na casa noturna de estilo sertanejo Villa Mix, localizada na Vila Olímpia, região nobre da capital paulista.
Ex-funcionários da casa relataram que são orientados a selecionar quem pode frequentar o local por critérios de raça, posição social e padrão estético. “Eles barram negros, eles barram pessoas humildes, eles barram gente gorda”, diz um dos relatos incorporados ao inquérito.
Villa Mix - musica sertanejaSegundo o MP-SP, a casa noturna recebeu prazo de 20 dias para prestar os esclarecimentos sobre os fatos relatados e o treinamento dado aos funcionários que fazem a seleção dos frequentadores.
As denúncias postadas na página Boicote ao Villa Mix, no Facebook, com cerca de 17 mil participantes, deram início ao inquérito do MP-SP. A jornalista Stephanie Calazans, de 24 anos, é uma das criadoras da página, que teve a iniciativa ao presenciar a discriminação contra uma amiga.
Boicote ao Villa MixO Ministério Público pediu a instauração de inquérito policial à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). Quem quiser fazer denúncias pode entrar em contato com o MP-SP pelo telefone (11) 3119.9260 ou pelo e-mail inclusaosocial@mpsp.mp.br. Fonte: Agência Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário